Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Páginas Amarelas de Cabo Verde

Tudo que procura, encontra nas Páginas Amarelas.

Páginas Amarelas de Cabo Verde

Tudo que procura, encontra nas Páginas Amarelas.

Como motivar a sua equipa de vendas

A base para que uma empresa tenha sucesso é a motivação constante dos seus funcionários. É claro, que existem momentos melhores do que outros, mas, a atenção que é dispensada a cada departamento e à aqueles que deles fazem parte, é importante para que os resultados sejam eficientes.

 

Existem sinais claros de que a equipa de uma empresa está desmotivada e sem garra para cumprir as metas esperadas pela direção. Mas como trazer a garra aos seus e a vontade de fazer o melhor para o sucesso da organização.

 

Nas vendas torna-se mais complexo a satisfação dos que fazem parte deste departamento. No entanto, existem fatores determinantes para que os vendedores estejam sempre focados no cumprimento dos objetivos.

Paginas Amarelas-13.jpg

 

1. Preste atenção nas formas de punição: a adequação nesse aspeto é muito crucial e indispensável. A punição deve ser adequada, ao contexto, departamento e principalmente ao funcionário a que se aplica. Primeiro motive e só depois pune.

 

2. O treinamento é a base: nenhuma equipe de venda sobrevive a anos seguidos sem nenhuma inovação a nível de aprendizado e inovação. É necessário que vejam que a empresa está a apostar neles e as suas carreiras.

 

3. Trabalho em equipa e profissionalismo: priorize sempre os bons relacionamentos entre os membros das equipe. Quando fala-se de relacionamento, está diretamente ligado ao lado profissional, que pode sim estender para o lado pessoal. Entretanto, é fundamental a compreensão de que ainda que existem metas individuais, a empresa só atinge os objetivos, com a contribuição do coletivo.

 

4. Seja justo: não adianta ter todas boas condições de trabalho, ter formações e os funcionários não conseguirem ainda que com grande esforço, sentir-se desmotivado com a falta de atenção da empresa. Aqui existe os dois lados da moeda, do funcionário e do empregador.

 

É evidente que muitas vezes a motivação é algo que ultrapassa as competências de quem emprega, mas este pode ser um elemento chave, na medida em que compreende qual as necessidades de cada funcionário e de cada vendedor em particular.

 

Por Cheila Delgado