Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Páginas Amarelas de Cabo Verde

Tudo que procura, encontra nas Páginas Amarelas.

Páginas Amarelas de Cabo Verde

Tudo que procura, encontra nas Páginas Amarelas.

Como parar de controlar a sua equipa?

Se és o tipo de chefe que se importa com os detalhes, prefere ser cc'ed em e-mails, e raramente fica satisfeito com o trabalho da sua equipa, então és um micromanager.

 

" Para o bem de sua equipa, você precisa parar" - diz Muriel Maignan Wilkins, sócia-gerente da Paravis Partners. Essa postura controladora, destrói a moral da sua equipa, estabelecendo um tom de desconfiança que limita a capacidade da mesma crescer.

 

Esse tipo de gestor também apresenta dificuldade em concentrar no que é realmente importante, acrescenta Karen Dillon autor do Guia HBR de Política do escritório. Se a sua mente é preenchida com os detalhes micro-nível, então, não há espaço para grandes pensamentos.

 

artig Le.png

 

Reflita sobre o seu comportamento

 

O primeiro passo é ter consciência dos motivos que te levam a ser um micromanage. Você precisa entender qual a origem dessa característica. O mais provável é que seja o reflexo de alguma insegurança pessoal, logo, o medo reflete nas suas atitudes. Se a sua equipa não executa as tarefas exatamente do jeito que você faria, isso por si só cria em ti uma preocupação que o desfoca de coisas mais importantes.

 

Obtenha feedback

 

Muitas vezes há uma desconexão entre o que o gestor deseja e o que a equipe está a fazer, provocado na maior parte das vezes por falta de comunicação.

Este só toma consciência de que há algum problema, quando os membros da sua equipa mostram-se descontentes com a sua postura controladora. Muitas vezes ter o controlo de tudo não significa certeza de que tudo acontecerá da forma perfeita. Delegar é preciso.

 

Estabeleça prioridades

 

Um bom gestor de equipa treina e delega. Se não consegues fazer isso, estás a tomar tudo para si, independentemente se tarefa é ou não prioridade. Comece por determinar o que é prioritário (por exemplo: o planeamento estratégico) e os itens que são menos importantes (por exemplo: corrigindo a apresentações).

 

Converse com sua equipa

 

Depois de determinar suas prioridades, o próximo passo é comunicar à sua equipa.

Tenha uma conversa sobre as coisas que realmente importam, para que o trabalho em equipa ocorra da melhor forma. Diga-lhes que você gostaria de ser mantido no circuito e quantas vezes eles devem fornecer atualizações de status. Seja explícito com seus subordinados diretos sobre o nível de detalhe que você vai se envolver.

Lutar contra os seus impulsos Micromanaging pode ser difícil no começo, mas é possível melhorar paulatinamente. É preciso que se ​​sinta confortável também. Faça um teste num projeto menos urgente. Delega a sua equipa a plena responsabilização e espere os resultados. Reconheça que o seu caminho não é a única e nem necessariamente a melhor maneira.

 

Construa confiança

 

Certifica-se de membros de sua equipa sabem que você confia neles. Diga -lhes isso.

Não examine excessivamente. Não insista sempre em ser cc'd nos emails dos seus subordinados. E não renegue o seu voto de confiança. Deixe-os fazer.

Se as coisas não saírem exatamente como você gostaria, tenta dar o seu melhor mas não exagere.

Descanse um pouco. Faça caminhadas diárias, tenha uma alimentação equilibrada. Livre-se do estresse para que estejas calmo na hora da tomada de decisões. É sempre uma mais valia trazer para dentro da sua equipa, um espirito de confiança.

 

Sabe melhor liderar do que chefiar!

 

Por: Lenira Monteiro – Responsável Financeiro das Páginas Amarelas de Cabo Verde.

 

Fonte: https: //hbr.org/2015/08/how-to-stop-micromanaging-your-team