Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Páginas Amarelas de Cabo Verde

Tudo que procura, encontra nas Páginas Amarelas.

Páginas Amarelas de Cabo Verde

Tudo que procura, encontra nas Páginas Amarelas.

Controle Interno

Para compreender a importância do controle empresarial em todas as suas áreas de atuação, é indispensável estar conectado com todas a ramificações que a compõe. O controle é uma ferramenta fundamental para o fluxo contínuo e eficiente das informações internas das organizações.

 

“Em uma organização, o controle interno representa os procedimentos ou rotinas cujos objetivos são proteger os ativos, produzir os dados contábeis confiáveis e ajudar na condução ordenada dos negócios da empresa, representando os controles administrativos de maneira prática e clara.”

 

O controle interno envolve principalmente os aspetos administrativos e por isso, é visto muitas vezes como algo incomodativo. Em todas as áreas empresariais devem haver um controle dos planos feitos no começo do ano para avaliar os pros e os contras desses ativos. Dessa forma, é mais fácil adequar as estratégias as necessidade de cada departamento.

 

sq.jpg

 

 

O modelo de controle utilizado por cada empresa vai depender de alguns apectos:

  1. Tamanho e complexidade da organização: quanto maior a complexidade da empresa, maior e mais sofisticado devem ser os mecanismos de controle utilizados;
  2. Responsabilidades: a responsabilidade de prevenir fraudes e salvaguardar informações especificas e confidenciais da empresa, vai influenciar a forma de controle do sistemas informativos principalmente;
  3. O caracter preventivo: a utilização de um sistema que encaixe as necessidades da empresa em todas as áreas, irá constituir uma forma de proteção da mesma e inclusive das fraquezas humanas. O controle interno, possibilita uma redução dos erros o que proporciona há administração maior confiança nos dados partilhados no sistema.

O controle e a avaliação feito ao final de cada programa, deve ser um espelho de todas as oportunidades que foram criadas, assim como as ameaças encontradas ao longo do caminho percorrido.

Essa é uma tarefa difícil, pois exige certa imparcialidade, e por isso, deve ser feita por um especialista que possui tais características. Ela não se resume à fontes quantitativas e nem ao apontar de erros. Claro que os números são importante, mas é indispensável ouvir o parecer daqueles que fizeram parte da execução dos programas. Afinal os resultados dos números são a expressão do trabalho de cada um.

 

Por Cheila Delgado

Fonte: http://www.portaleducacao.com.br/administracao/cursos/2196/gestao-de-controle-interno?gclid=CKWsrq76iMwCFcfgGwodbzsI3w