Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Páginas Amarelas de Cabo Verde

Tudo que procura, encontra nas Páginas Amarelas.

Páginas Amarelas de Cabo Verde

Tudo que procura, encontra nas Páginas Amarelas.

E o corpo fala?

Vivemos numa época em que comunicar faz-se de inúmeras maneiras, no entanto, muitos são os que não dão a devida atenção a forma como conjugam o falar e as expressões corporais. Há estudiosos que classificam essa forma de comunicar como sendo a linguagem silenciosa. Aquela que não se ouve, mas é evidenciadas pelos movimentos do corpo no ato da comunicação.

 

A linguagem corporal é baseada em símbolos que cérebro emite através do nosso corpo, quando pretende dar sentido a aquilo que falamos. Essa linguagem transmite várias informações aos seus interlocutores, afinal, cada movimento dos olhos, das mãos e a própria postura são atos comunicacionais.

 

Não ter a perceção da nossa linguem corporal, pode levar a uma compreensão deturpada sobre nós. Por isso, é importante que a sua linguagem verbal esteja em total sintonia com a sua linguagem corporal.

Untitled.png

Algumas formas de linguagem corporal e os seus significados:

 

  1. O cumprimento com um forte aperto de mão significa que não há restrição. A mão frouxa significa que a pessoa tem medo de ser envolvida;
  2. Sentar-se com a pasta/bolsa no colo é uma posição de pouca a vontade;
  3. Os braços cruzados no peito é sinal de que não quer mudar de opinião e não concorda com o que estão a lhe falar;
  4. A mão em frente da boca significa que a pessoa deseja comunicar-se;
  5. Mãos fechadas é sinal de insegurança;
  6. Aumento da respiração é sinal de tensão e emoções forte…etc

São infinitas as formas como deixamos que o nosso corpo fale sem que necessariamente a linguagem verbal esteja em ação, por isso tenha muita atenção nesses detalhes. Afinal muitas vezes nos encontramos em situações (uma entrevista de emprego por exemplo) em que os entrevistadores são treinados para compreenderem a nossa linguagem corporal. Ela fala mais de nós, do que a própria linguagem verbal.

 

 

Por Cheila Delgado

 

Fonte: Pierre Well e Roland Tompakow- Livro – O corpo fala – A Linguagem Silenciosa da Comunicação não Verbal