Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Páginas Amarelas de Cabo Verde

Tudo que procura, encontra nas Páginas Amarelas.

Páginas Amarelas de Cabo Verde

Tudo que procura, encontra nas Páginas Amarelas.

O Mês da Mulher

O dia internacional da mulher cai sobre cada mulher espalhada pelos quatro cantos do mundo, como um alento das lutas travadas pelas guerreiras do passado deixaram nossos dias mais leves.

Paginas Amarelas.jpg

 

 

Por muito tempo o sexo feminino foi considerado o sexo frágil, a flor, a dona de casa e responsável e pela educação dos filhos. A conjuntura mudou, mas a lutas continuam. Ainda que a mulher já esteja representada de forma significativa no meio laboral, há ainda muito trabalho a ser feito para que estas sejam vistas também nas camadas de tomada de decisões como a política e outros estratos sociais.

 

Para esse dia queremos deixar o testemunho de uma mulher que está na Directel Cabo Verde a duas décadas. Aqui, ela viu começar e desenvolver as suas habilidades profissionais. Não invalidada o quanto cresceu e amadureceu como pessoa.

 

sandra.jpg

 

Sandra Correia, Responsável pelo Departamento de apoio ao cliente. Sim, é ela que dá suporte aos clientes das Páginas Amarelas de Cabo Verde e que muitas vezes tem a necessidade de ser ouvinte, psicóloga e “bombeira” (quando os clientes ligam descontentes por alguma razão).

 

Abaixo a entrevista:

 

  1. O que é mais interessante no seu trabalho?

Acho que é a oportunidade de aprendizagem que cada cliente me proporciona. Aprendo a cada resolução de um problema, a cada reclamação ou pedido de esclarecimento.

 

  1. Como responsável de apoio ao cliente, quais são suas maiores dificuldades?

Na maioria das vezes que o cliente liga ou necessita do nosso suporte, estão insatisfeitos com algo que não correu tão bem, o que é normal em qualquer empresa. O que dificulta o dialogo é fazer com o cliente te ouça, mas isso, é ultrapassado permitimos que ele exponha por completo a sua necessidade e só depois intervir para a resolução do problema.

E nada é mais gratificante, apesar de tudo, do que ver no final a satisfação do cliente e receber um muito obrigada pela prontidão.

 

  1. Nos relata a sua experiência como mulher, mãe de família e profissional?

Conciliar a vida profissional e pessoal, nem sempre é fácil, mas é possível encontrar um equilíbrio adequado nesses dois campos. Isso, é uma questão de organização e coordenação para que se possa conciliar esses dois mundos.

 

  1. Considera-se uma profissional bem-sucedida?

Acredito que, a construção do sucesso é continuo, no entanto, vejo que tem sido uma experiencia enriquecedora poder desempenhar vários papéis, de profissional, mãe, esposa, amiga, enfim.

 

  1. Que mensagem deixa a todas as mulheres nesse dia 8 de março, Dia Internacional das Mulheres?

Realize os teus sonhos, não esqueças que o tempo passa e as oportunidades também, por isso, nunca deixe de irradiar a luz que mora no seu coração e acredita na tua própria força.

 

A vida de qualquer mulher, com certeza já teve ou está a ter um momento menos bom, mas, acreditamos que esse ser que foi concedido o dom da vida, não deixará abalar com as dificuldades. Que os sonhos de cada mulher e as sua lutas sejam sempre para que o mundo melhore. Afinal, ainda, a maioria das mulheres é dada a tarefa da educação. Se a educação é a base para a mudança de mentalidades, então mulheres, temos em nossas mãos a responsabilidade de dias melhores.

 

Por Cheila Delgado