Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Páginas Amarelas de Cabo Verde

Tudo que procura, encontra nas Páginas Amarelas.

25
Mai16

As redes sociais no ambiente de trabalho

Páginas Amarelas de Cabo Verde

As novas formas de comunicação que surgiram e evoluíram nos últimos anos, mudaram a conjuntura comunicacional de muitas empresas e consequentemente o seu ritmo de trabalho.

 

Antes de toda essa modernização tecnológica e digital, as probabilidades dos funcionários se distraírem era de longe menor que nos dias de hoje. Na maioria das vezes, as pessoas se distraiam com pequenas conversas paralelas que não tinha uma duração prolongada, tendo em conta a visibilidade que essa tinha num espaço aberto por exemplo. Hoje o funcionário pode passar horas a fio nas inúmeras redes sociais, chamar a atenção, e o mais perigoso, sem mostrar que não estar a ser produtivo para a sua empresa.

 

wdwdw.jpg

 

 

Algumas dicas do uso adequado das redes sociais no contexto laboral:

  1. Tenha atenção as suas publicações, pois há assuntos que são polémicos e que podem fugir do seu controle;
  2. Evite fotos sensuais ou exposta, isso poderá afetar a sua imagem profissional;
  3. Quando o uso das redes sociais na empresa é ilimitado, determine um horário que farás o uso dessas plataformas. Isso evitará a sua distração constante;
  4. Evite adicionar à sua lista de amizades, pessoas de altos cargos na empresa, caso não tinhas nenhuma relação de amizade com elas;
  5. Nunca divulgue informações que só dizem respeito a empresa nas redes sociais.

 

O bom senso e o profissionalismo são características fundamentais para que os profissionais saibam lidar com essas mudanças de comportamento comunicacionais.

A ponderação e o compromisso profissional com a empresa devem estar de mãos dadas para que situações desagradáveis não venham afetar de forma negativa o nome da empresa.

Lembre-se que, o que é postado no seu perfil, vai caracterizar-lhe como pessoa e profissional.

 

Por Cheila Delgado

Fonte: http://atitudeenegocios.com/redes-sociais-no-trabalho/

10
Mai16

O poder dos produtos/serviços singulares

Páginas Amarelas de Cabo Verde

Os novos consumidores criaram a necessidade da personalização e customização dos seus produtos e serviços. Sabem de ante mão, o que querem, como querem e quando querem.

 

A forma como cada empresa serve os seus clientes irá diferencia-lo no mercado. O serviço singular e personalizado, faz de qualquer empresa uma referência no seu ramo de atuação. Nessa estratégia, quem ganha não é somente quem presta o serviço, afinal o consumidor terá melhor qualidade, bem como inúmeras opções de escolha.

 

Para as empresas a estratégia de um serviço singular é uma grande chance de crescimento. Atingir públicos específicos, conquista-los e mante-los, não caracteriza uma tarefa fácil, mas se o conseguir terá o retorno do investimento.

 

q.jpg

 

Um exemplo prático do quão interessante é a prática do serviço singular:

 

Devido ao tempo que uma garrafa de vinho tem para ficar aberta sem se deteriorar, essa impõe ao cliente a bebe-la de uma única vez, ou em uma mesa, fazer com que todos degustam do mesmo vinho, ainda que cada um tenha uma preferência diferente. Isso já não acontece com as marcas de cafés por exemplo, que tem a opção de tirar um ou vários cafés e cada um da maneira que o cliente preferir.

 

No entanto, Coravin (um sistema inovador que permite provar o vinho de uma determinada garrafa sem retirar a rolha) torna isso possível. É um produto com base em tecnologia de dispositivos médicos que permite aos consumidores extrair vinho a copo a partir de um frasco através de uma agulha, sem retirar a rolha, preservando assim o vinho restante na garrafa. Ele reduz o “compromisso” de abrir a garrada e sentir a necessidade de termina-lo em uma sessão. Ela ajuda a tornar o vinho mais atraente para as e apreciadores de vinho mais casuais.

 

É de realçar que esse tipo de serviço tem dado saltos positivos nos ganhos de muitas empresas a nível mundial. É a arte de oferecer ao cliente as suas preferências e particularidades em cada um dos produtos/serviços. É sem dúvida uma poderosa estratégia de conquista de mercado.

 

 

Por Cheila Delgado

Fonte: https://hbr.org/2015/10/the-billion-dollar-opportunity-in-single-serve-food

Sobre mim

foto do autor

Pesquisar

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Carrefour

    Excelentes dicas, discutimos isso esta semana na e...

  • Anónimo

    Te amo maninha... Bjs

  • Alcinda

    Assino por baixo da grande entrevista dada por est...

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D