Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Páginas Amarelas de Cabo Verde

Tudo que procura, encontra nas Páginas Amarelas.

27
Mar18

A força da mulher cabo-verdiana

Páginas Amarelas de Cabo Verde

A mulher que é o símbolo desses dez grãozinhos de terra, pela sua irreverencia, força, vontade de luta e perseverança, vem se destacando cada dia mais em todas as esferas sociais.

Ela é na maioria das vezes incumbida a tarefa de educar, formar, e preparar para a vida, homens e mulheres do amanhã. Essa tarefa coloca na mão das mulheres o poder da mudança de paradigmas e da abertura de novos horizontes.

 

A mulher cabo-verdiana, esteve na luta pela independência do nosso país com ganhos significativos nesse sentido e continua dia após dia a chegar em patamares que orgulha e dignifica Cabo Verde. As lutas são continuas, e tem sido visível nas mudanças de mentalidades e no cultivo de uma sociedade que olhe para as mulheres como impulsionadoras do desenvolvimento do país.

paginas amarelas_blog.jpg

 

Por isso, hoje no dia da mulher cabo-verdiana, queríamos apenas relembrar o quão importante tem sido o trabalho realizado tanto pelas mães educadoras e pelas organizações que tem vindo a trabalhar para que cada vez mais as mulheres ocupam os espaços que elas escolherem.

 

As cabo-verdianas invadiram espaços que eram maioritariamente ocupados pelos homens. Hoje as cadeiras do Parlamento Nacional ela representa o seu povo e trabalha para que cada dia mais mulheres alcancem sonhos que em outros tempos nenhuma mulher ousaria sonhar. Afinal, o caminho faz-se caminhando.

 

É com imenso orgulho, que as Páginas Amarelas de Cabo Verde constituída maioritariamente por mulher dá parabéns a cada mulher, que levanta todos os dias para fazer de Cabo Verde um país cada vez mais justo.

 

Nós somos o que queremos ser

Estamos lá onde queremos estar

Podemos tudo aquilo que queremos

Somos vida, somos força

Somos Mulheres

 

Por Cheila Delgado

20
Mar18

Desafios das vendas modernas

Páginas Amarelas de Cabo Verde

As vendas têm sido desafiantes a todos os níveis e perspetivas, independente do ramo de negócio. Com a famosa crise que veio remexer com os padrões de vendas, a conquista de novos clientes é uma tarefa contínua e que merece uma dedicação permanente.

 

O vendedor deverá ser capaz de mostrar o diferencial diariamente, e ter um jogo de cintura para ultrapassar os desafios que surgem. A capacidade de “interpretar “ os desejos e necessidades de cada cliente, a rápida resposta as suas reclamações e a mudança de estratégia representam a chave para o sucesso no ramo das vendas.

 

Ao vendedor cabe a missão de além de vender, criar conceito sobre a marca de qualquer empresa. Hoje já não adianta vender virar as costas e ir embora. O seu consumidor está atento a todas as estratégias elaboradas pela sua marca e por aqueles que a representam.

paginas amarelas.jpeg

 

 

É de ressaltar também que o vendedor deve ser capaz de sair a procura de conhecimento e de melhores ferramentas para acompanhar o processo de venda.

 

É claro que o seu foco principal recai sobre o seu cliente, e quando compreender isso, trabalhará para ter resultados de um vendedor de alta performance.

 

Por Cheila Delgado 

13
Mar18

Marketing e Empoderamento Feminino

Páginas Amarelas de Cabo Verde

O mês Março é a nível mundial, a altura do ano em que mais é refletido sobre as questões ligadas a igualdade de género e a emancipação feminina.

Os ganhos a este nível já são muitos, entretanto, há um caminho árduo a ser trilhado nesse contexto. A questão essencial tange a educacional, a nível social e também profissional.

A educação assume um papel fundamental no que diz respeito a mudança de paradigmas e ao esclarecimento de certos tabus que ainda existem e persiste sobre esse assunto.

paginas amarelas.jpg

Os ramos de atuação para a evolução a nível de entendimento dessa questão são vários. No entanto, vamos debruçar um pouco sobre as questões ligadas ao marketing que vem sofrendo mudanças importante.

 

Em outros tempos as mulheres eram retratadas nas médias, apenas como mães dedicadas, esposas submissas e muitas vezes como objetos sexuais.

 

Com a evolução e esclarecimento das questões da igualdade de género, hoje as empresas estão cada vez mais atentas as suas campanhas de marketing e a forma como a mulher é representada nas mesmas. Afinal, nos tempos de hoje a mulher é também uma consumidora independente, crítica e que exige que seja representada como tal.

É claro que ainda deparamos com situações em que empresas pecam quando fazem spots publicitários que não vão de encontro com imagem da mulher moderna, dona de si, e que luta todos os dias para ver os seus direitos a igualdade respeitados em todos os parâmetros.

 

 Muitas marcas já foram arruinadas por exporem de forma arcaica a figura de mulher em suas publicidades e estratégias de marketing.

 

É necessário sim, que o marketing de qualquer empresa esteja alinhado com as questões de emancipação feminina, pois, é ela muitas vezes a maior consumidora dos produtos ou serviços, e quando não, influência indiretamente a escolha.

 

Portanto, o departamento marketing deve sempre estar atento a esse tema que é sensível e que faz toda a diferença para o sucesso de sua estratégia.

 

Por: Cheila Delgado 

Sobre mim

foto do autor

Pesquisar

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Carrefour

    Excelentes dicas, discutimos isso esta semana na e...

  • Anónimo

    Te amo maninha... Bjs

  • Alcinda

    Assino por baixo da grande entrevista dada por est...

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D